Há benefício mesmo quando a atividade física é menor do que a recomendada em adultos mais velhos

As diretrizes atuais recomendam que os adultos façam aproximadamente 150 minutos por semana de atividade física de intensidade moderada ou 75 minutos por semana de atividade físsica de intensidade vigorosa para obter benefícios substanciais para a saúde. No entanto, muitos adultos mais velhos têm dificuldade para conseguir esta duração de atividade física moderada a vigorosa (AFMV).

Nesta meta-análise, moderada a vigorosa atividade física em um tempo menor do que a dose recomendada atualmente foi associada com menor mortalidade por todas as causas em adultos mais velhos em 10 anos. Os resultados afirmam que qualquer exercício é melhor do que nada, e que os benefícios de saúde revertem para adultos que participam de qualquer quantidade de atividade física. Além disso, uma relação dose-resposta foi observada: A maior quantidade de exercício foi associado com menor risco de morte por qualquer causa.

 

Referência Paul S. Mueller, MD, MPH, FACP Revendo Hupin D et al, Br J Sports Med 2015 03 de agosto.