Dra. Alexsandra Vitti fala sobre educação em diabetes na ADIJO. (Associação de Diabéticos de Joinville).

Sabe-se que o diabetes é um importante e crescente problema de saúde no mundo. O número de pessoas com diabetes está aumentando devido ao crescimento e ao envelhecimento populacional, à crescente prevalência de obesidade e sedentarismo, assim como maior sobrevida dos indivíduos com diabetes. Inúmeros mecanismos etiologicamente diferentes, como genéticos, ambientais e imunológicos,podem ter um importante papel na patogênese, no curso clinico e no aparecimento de complicações do estado diabético.O diabetes é uma condição frequente que envolve diversas complicações, tais como neuropatia(doença dos nervos), retinopatia (olhos), nefropatia (rins), innfarto, derrame, etc. Assim, as intervenções devem ser realizadas com objetivo de reduzir tais complicações.
Portanto, programas que visem a um bom controle metabólico tem grande potencial de minimizar as complicações.Quanto a prevenção não podemos evitar o aparecimento do diabetes mellitus tipo 1, mas podemos prevenir suas complicações através da participação do paciente na realização da dieta, aplicações diárias de insulina conforme orientação médica, na auto-monitorização da glicemia e na pratica de atividade física regular.
Quanto o diabetes mellitus tipo 2, a maioria dos indivíduos também apresenta obesidade, hipertensão arterial e dislipidemia, sendo a hiperinsulinemia o elo que une estes distúrbios metabólicos, portanto a prevenção implica na necessidade de intervir nessas anormalidades. A prevenção primária do diabetes tipo 2 tem se baseado em intervenções na dieta e pratica de tividades físicas, visando a combater o excesso de peso.

Alexsandra Vitti