Hipotireoidismo: estou fazendo certo?

Aproximadamente 30% dos paciente em tratamento para hipotireoidismo apresentam níveis alterados de exames de sangue. Deve-se considerar má adesão, interferência por medicamentos ou síndromes de má absorção. Condições como bypass jejuno ileal, síndrome do intestino curto, insuficiência hepática grave e insuficiência cardíaca congestiva podem interferir. Alguns alimentos (café expresso, proteína de soja, fibras dietéticas) e drogas (ferro, cálcio, agentes sequestradores de ácidos biliares, sucralfato, hidróxido de alumínio e os inibidores da bomba de prótons) podem diminuir a absorção intestinal da levotiroxina ( medicação que trata o hipotireoidismo)

Atente para o jejum de 30 minutos, a não possibilidade de quebra da medicação para atingir doses específicas. Orienta-se não fazer trocas constantes da marca da medicação.

REFERÊNCIA

1Diretrizes clínicas práticas para o menjo do hipotireoidismo.Brenta et al. Arq Bras Endocrinol Metab. 2013;57/4.

2VILAR L. ENDOCRINOLOGIA CLÍNICA 5 ED. RIO DE JANEIRO: GUANABARA

3-Arq Bras Endocrinol Metab vol 49 n2 Abril 2005. Pseudomalabsorção de Levotiroxina – Relato de Um Caso