Guia baseado em evidência pode ajudar a identificar comportamentos que predispõe a obesidade e transtornos alimentares

Um terço dos adolescente que procuram ajuda para o peso já tiveram anteriormente seu peso acima do percentil 85. Os seguintes comportamentos estão associados a obesidade e transtornos alimentares:

1-Fazer dieta- associado a duas vezes mais risco de ficar com sobrepeso e 1,5 vezes mais chance de compulsão alimentar periódica

2- Comida da família- melhorar a qualidade e dar oportunidade de escolhas saudáveis

3-Falar sobre o peso- comentários feitos pelos pais sobre seu próprio peso ou encorajando seus filhos a perderem peso podem ser percebidos como dolorosos, mesmo quando bem intencionados.

4-Provocações sobre o peso por algum membro da família.

Para ajudar a prevenir obesidade e desordens alimentares recomenda-se:

1-Desencorajar -dietas, pular refeições e pílulas dietéticas, focar em comida saudável e atividade física, mais do que no peso.

2-Promover uma imagem corporal positiva, encorajar as famílias a falar sobre alimentação saudável mais do que sobre o peso

3-Perguntar aos adolescentes se estão sofrendo bullying

4-Monitorar o peso

http://www.jwatch.org/na42142/2016/08/24/preventing-obesity-and-eating-disorders-adolescents