Alimentaçã no diabético

Seguem algumas consideraçãoes da ASSOCIAÇÃO AMERICANA DE DIABETES:

1-Não há uma distribuição ideal entre macronutrientres e a dieta deve ser individualizada, sempre mantendo o valor calórico total no alvo. Várias dietas são aceitas como DASH, mediterrâneo, etc.
2-Quanto aos carboidratos preferir vegetais, frutas e alimentos com fibra.
3-A proteína parece aumentar a resposta a insulina, motivo que não se deve corrigir a hipoglicemia com alimentos ricos em proteína .
4-Não há dados conclusivos sobre o conteúdo ideal de gordura para pacientes diabéticos. No entanto estimular no plano dietético uma dieta rica em gordura monoinsaturada ( como Mediterrânea)pode melhorar a glicemia e diminuir o risco cardiovascular, sendo uma boa alternativa para dietas pobre em gordura, mas ricas em carboidratos. Comer alimentos ricos em ômega-3 como peixes, nozes e sementes é recomendado para prevenir e tratar doença cardiovascular, no entanto não há evidência para uso rotineiro da suplementação de ômega-3.
5-Ainda não temos evidências claras da suplementação de vitaminas, minerais e ervas no tratamento do diabetes.
6-Álcool- pode-se usar 01 drink por dia quando mulher e 02 drinks quando homem, no entanto deve atentar-se a possibilidade de hipoglicemia, principalmente se paciente usa insulina ou sulfoniluréia.
7-Adoçantes são considerados seguros e tem o potencial de diminuir a ingesta calórica de carboidratos se usados nas doses recomendadas.

Neil Skolnik, MD . Eric L. Johnson, MD Clinical Guidelines: ADA 2017 Standards of Medical Care in Diabetes