Tecnologias alternativas de exercício para lutarmos contra a sarcopenia

As mudanças negativas na massa muscular da vida adulta até a senescência e sua correspondente perda funcional são de extrema relevância. A sarcopenia é caracterizada pela perda progressiva da massa, força e/ou função muscular e está comumente associada ao processo de envelhecimento.
A maneira mais fisiológica de se mudar isso dá-se através de exercícios de frequência moderada ( mais de 2 x por semana) e intensidade moderada e alta.
Devido às limitações físicas ou motivacionais torna-se difícil as pessoas mais idosas se engajarem nesse programas. A eletroestimulação (EMS) é uma tecnologia local, passiva nas quais os impulsos elétricos são transmitidos através de eletrodos na pele perto do músculo que será estimulado. Esses impulsos causam contração involuntária do músculo, principalmente de fibras que são mais afetadas pela atrofia muscular da idade. O tipo de atividade é ideal para pessoas que não podem se submeter aos exercícios convencionais de resistência como por exemplo musculação.
Essa técnica foi avaliada em artigo de revisão e vista como efetiva no aumento de massa magra e capacidade funcional em idosos.

Journal of Aging Research
Volume 2012, Article ID 109013