Hipertrigliceridemia

Atualmente, as recentes diretrizes e guias internacionais apontam para os benefícios de padrões alimentares com quantidades moderadas de gordura na dieta, eliminar ácidos graxos trans, controlar o consumo de saturados, priorizar poli-insaturados e monoinsaturados, reduzir açúcares e incluir carnes magras, frutas, grãos e hortaliças na dieta .

Dicas:

1-O exercício físico é de fundamental importância já que a perda de peso pode resultar na redução de 20% da concentração plasmática de Triglicerídeos.

2-Outro ponto importante é o álcool O consumo de bebida alcoólica não é recomendado para indivíduos com hipertrigliceridemia .

3- Evitar Sucos de fruta: novas diretrizes incluem ainda como açúcares de adição os sucos de frutas concentrados, mesmo que não adoçados.Desta forma, a frutose gera ácidos graxos mais rapidamente do que a glicose, aumentando tanto o depósito de gordura hepática . Estudos mostram que o consumo superior a 50 g de frutose ao dia eleva o TG pós-prandial.

4- Causas de elevação secundária de triglicerídeos devem ser descartadas como hipotireoidismo e diabetes não controlado .

Referência
Diretrizes Atualização da Diretriz Brasileira de Dislipidemias e Prevenção da Aterosclerose – 2017 Arq Bras Cardiol 2017; 109(2Supl.1):1-76