Obesidade e infertilidade masculina

Sabe-se que o aumento de peso eleva leptina , estrogênio e diminui fsh , testosterona e shbg . A provável causa é excesso de aromatase no tecido adiposo levando Feedback negativo.

Citocinas pro inflamatórias também mexem no eixo. Atuam também no epidídimo a maturação do esperma e habilidade de fertilidade.

A obesidade aumenta a temperatura coporal e também do escroto podendo diminuir a motilidade de esperma no homem. Pode alterar também a composição lipídica do esperma, o incremento dos radicais livres ( espécies relativas de oxigênio) e lesão do DNA levam a alterações epigenéticas que podem ser transmitidas por gerações .

Esses são alguns dos mecanismos pelos quais a obesidade pode levar a infertilidade masculina.